NO DE PAOLA & PANASOLO, SUSTENTABILIDADE É AÇÃO PARA O ANO INTEIRO

Junho é o mês dedicado ao meio ambiente. No escritório De Paola & Panasolo, contudo, as ações sustentáveis que buscam diminuir o impacto sobre a natureza são prática diária e tema para o ano todo. O conjunto de iniciativas já garantiu à sociedade a certificação “Zero Energy”, concedida pelo Green Building Council Brasil (GBC Brasil). No Brasil, apenas sete empreendimentos possuem essa certificação e cinco deles estão localizados no Paraná.

Em 2016, o escritório desenvolveu uma série de ações para diminuir o impacto ecológico da empresa. Dentre as práticas, estão a geração de toda a energia consumida na sua atividade por meio de placas fotovoltaicas; a utilização de uma cisterna para captação de cerca de 5 mil litros de água da chuva para reuso em vasos sanitários, lavagem de calçadas e jardim; a instalação de um sistema de compostagem e de separação de resíduos; o uso de lâmpadas e sistema de ar condicionado de baixo consumo; e o cultivo de um pomar, com 25 árvores frutíferas.

O zelo ambiental se estende extramuros. O escritório apóia na Região dos Campos Gerais uma área com 847 hectares de mata fechada nativa com flora e fauna totalmente preservadas. Trata-se de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) que leva o nome de Tarumã. A unidade de conservação está no limite entre as cidades de Campo Largo e Palmeira.

O escritório também auxilia o Instituto Mater Natura com a prestação de serviços de advocacia pro bono. A instituição desenvolve ações específicas como pesquisas sobre vida selvagem e projetos de preservação do meio ambiente.

No escritório, a água da chuva é utilizada na lavagem de calçadas, nos vasos sanitários e no jardim.
O produto gerado na compostagem é utilizado como adubo no pomar.
No quintal do escritório existe um pomar com 25 árvores frutíferas.
O uso de painéis solares proporcionou a conquista da certificação “Zero Energy” da GBC Brasil.

Posts Relacionados

Compartilhe:

Posts Recentes

Envie uma mensagem