Desde a sua fundação, em 1992, o escritório De Paola & Panasolo Sociedade de Advogados (DP&P Advogados) tem entre seus valores o respeito ao desenvolvimento sustentável, tanto que uma das suas áreas de atuação está relacionada com o atendimento pleno das demandas empresariais vinculadas ao direito ambiental. De lá pra cá, temos amadurecido nossas ações em prol da sustentabilidade.

Conscientes do nosso papel na sociedade, em 2018, tornamo-nos o primeiro escritório do Paraná signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas – ONU.

Desde então, os princípios do Pacto Global, junto com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável também das Nações Unidas, têm norteado nossas gestão e ações e trazem luz aos pontos de melhoria da nossa atuação.

Ainda em 2018, por conta da autossuficiência energética conquistada com a instalação das placas fotovoltaicas, o DP&P Advogados se tornou o primeiro escritório de advocacia do país a receber o Selo Zero Energy concedido pelo Green Building Council Brasil (GBC Brasil) em reconhecimento às práticas conscientes adotadas pelo escritório no decorrer destes anos.

Selo Zero Energy

O De Paola & Panasolo DP&P Sociedade de Advogados é o primeiro escritório de advocacia do país a receber o selo Zero Energy (Zero Energia) do Green Building Council Brasil (GBC Brasil). O reconhecimento atesta que a sede é autossuficiente na geração de energia.

Visando contribuir com o desenvolvimento sustentável e minimizar os impactos inerentes do negócio ao meio ambiente, o De Paola & Panasolo Sociedade de Advogados mantém uma série de iniciativas voltadas à preservação ambiental, em especial os ODS 3, 6, 7, 11, 12, 13, 14, 15, 17.

Além disso, uma das grandes áreas de atuação do escritório é o direito ambiental, departamento especializado que busca orientar e dar suporte às empresas quanto à proteção jurídica da qualidade do meio ambiente.

Devido à atuação frente ao direito ambiental, o escritório promove um diálogo aberto e constante com seus clientes e parceiros, vinculado às problemáticas relacionadas ao tema, por meio de debates periódicos na sede da empresa.

Ainda, desde 2016, o escritório investe na implantação de algumas ações buscando a redução do impacto gerado pela sua atividade. Até o momento foram realizadas as seguintes medidas:

396552400

Instalação de placas fotovoltaicas buscando a autogeração energética;

Construção e instalação de duas cisternas para captação da água da chuva para reuso;

Implementação de composteiras para tratamento adequado do resíduo orgânico;

Adequação dos ambientais internos para melhor aproveitamento da luz solar;

Implementação de composteiras para tratamento adequado do resíduo orgânico;

Destinação correta dos resíduos recicláveis, com descarte final adequado;

Implantação de campanhas internas de conscientização para redução do consumo.

Conservação de áreas verdes com adoção de uma Unidade de Conservação categorizada como Reserva Particular do Patrimônio Natural- RPPN com 847 hectares;

Revitalização da área verde do escritório, com o plantio de diversas mudas;

Advocacia pro bono ao Mater Natura Instituto de Estudos Ambientais.

amb1

Porém, sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer e que o nosso trabalho não se encerra aqui. Por isso, reforçamos o nosso compromisso efetivo com as questões ambientais, em especial com os princípios do Pacto Global e com os ODS, a fim de garantir que a nossa contribuição continue alinhada com as necessidades do planeta.  
 
Vamos juntos?